Fique por dentro!

Assine e receba notícias sobre os seus assuntos favoritos do Pais em Apuros.

Assine e receba notícias sobre os seus assuntos favoritos do Pais em Apuros.

SaguiKids: uma marca de e-books infantis produzidos em família

Acompanhando a tecnologia, a literatura infantil está cada vez mais moderna e inovadora, trazendo diversos clássicos e novos títulos para o universo digital, que através de recursos visuais e sonoros vem conquistando crianças de todas as idades. Além de ser uma forma de preservar o meio ambiente, os livros digitais infantis são uma ótima oportunidade de a criança interagir com as histórias através de recursos lúdicos, que encantam e incentivam a imaginação dos leitores mirins.

SaguiKids

E foi com esse propósito de encantar leitores infantis com livros digitais lúdicos que uma família de São Bento do Sapucaí, interior de São Paulo, criou a SaguiKids, uma marca de livros digitais que tem o objetivo de promover o gosto pela leitura entre os pequenos.

SaguiKids - Pais em Apuros
Saguikids – As histórias não entregam a moral da história para os pequenos. A família prefere rechear o conteúdo com valores humanos e deixar os pequenos pensarem com a própria cabecinha.

Como tudo começou

O encontro do gosto da economista Camila Ohl por inventar histórias com o gosto de desenhar da filha Lia, de 13 anos, resultou no primeiro produto da marca, o livro digital estático “O Passarinho Verde”, lançado em 2015 via Kindle/Amazon. Mas, segundo Camila, esse foi somente o primeiro passo do projeto. “Durante o lançamento do livro, o Theo e o Taka também acabaram se envolvendo, então criamos a marca, desenvolvemos o website e começamos a conversar sobre o que poderíamos fazer juntos”.

SaguiKids - Pais em Apuros
SaguiKids – Tudo começou com a vontade da Camila e sua filha Lia de produzirem um livro juntas.

Com o reforço na equipe do marido Taka, que é desenvolvedor de sistemas e aplicativos, e do filho Theo, de 8 anos, que sempre foi muito sonoro e cheio de referências, a SaguiKids se estabeleceu como marca e hoje entrega livros em forma de brinquedo, uma vez que essa mistura tem tudo a ver com o mundo da criança. Os livros são feitos de boas e divertidas histórias que não explicitam a “moral da história”, mas que são carregados de valores como empatia, cooperação, autonomia, respeito às diferenças, amor a natureza, valorização da cultura e, acima de tudo, valorizam os sentimentos e o universo da criança.

SaguiKids - Pais em Apuros

SaguiKids - Pais em Apuros
As ilustrações da pequena Lia deram vida aos personagens Passarinho Verde e seu amigo Macaco.

Trabalhando em família

Montado aos poucos desde a mudança para o interior, o estúdio familiar reúne gostos, artes e competências que foram se encontrando durante o nascimento do projeto. Em cada livro planejado e desenvolvido pela família, além da história, estão as imagens, as animações, os personagens que se movem na tela, os efeitos sonoros. Tudo feito com muita dedicação para divertir e incentivar a leitura e a imaginação.

SaguiKids - Pais em Apuros
SaguiKids – Contador de Histórias
Theo é o narrador do e-book “A Poça D’água”.

Tamanha dedicação resultou na primeira produção em família, o livro “A Poça D’água”, lançado em outubro. “Esta finalmente é nossa primeira produção com muita mão na massa de toda a família e traz essa história, que está em forma de poema e diálogos, junto com as ilustrações lindas da Lia, que ganharam vida na mão do Taka, que deu movimento aos personagens. Além disso, ainda colocamos efeitos de som, narração e interações, feitas pelo Theo”, explicou Camila.

Então o livro é um jogo?

Embora seja recheado de elementos interativos, o livro não é um jogo pois carrega a essência da literatura, preservando o ritual da leitura. Portáteis, práticos e acessíveis, o livro digital pode ser lido até por crianças que não sabem ler, pois vem com a opção de narração. Tudo pensado para que crianças de todas as idades extraiam o melhor do livro e se encantem com as histórias, que mesmo contando com as ilustrações da Lia, que conservam um traço infantil e não são completamente detalhadas, deixam o espaço para a imaginação da criança que está lendo. 

Mas afinal de contas, é saudável deixar as crianças na tela?

Muitos pais podem se questionar sobre qual a medida de tempo ideal para o “tempo em tela” das crianças, mesmo para fins educativos e lúdicos. Neste caso, a American Academy of Pediatrics (APP) emite uma série de recomendações, baseadas em estudos, que são seguidas e aconselhadas pela SaguiKids:

– O papel dos pais na educação não muda. Não deixe de estabelecer regras e limites;

– Seja modelo e limite também o seu próprio tempo de uso de tecnologia;

– Crianças menores aprendem melhor por comunicação de via dupla, ou seja, quanto maior a interação com a mídia, mais valor educacional ela irá trazer;

– O conteúdo é mais importante do que a plataforma ou o tempo dispendido nela. Priorize como a criança irá dispender tempo em tela ao invés de somente determinar esse tempo.

Próximos passos

Agora com sua equipe estruturada, a SaguiKids planeja novos voos no universo dos livros digitais e já tem mais dois exemplares sendo desenvolvidos para o ano de 2017: um livro com mini histórias e o livro “O Abacaxi Rei”. Este novo processo tem sido repleto de aprendizado para toda a família, que está trabalhando muito para continuar entregando produtos de qualidade. A Lia, por exemplo, está aprendendo novas formas de desenhar para que as ilustrações possam ser animadas. “Eu estou vendo novas formas de desenhar e fiz um curso de pintura em tecido e de colagem de fotografia. Agora eu penso de várias formas e desenho em um novo programa que nós temos, que possibilita a animação”, explicou a ilustradora mirim.  

SaguiKids - Pais em Apuros
SaguiKids – Lançamento do livro “A Poça D’água” em Monteiro Lobato – SP.

Apesar de todo o trabalho e dos desafios gerados, Camila tem achado todo esse processo muito positivo por funcionar como uma educação complementar aos filhos. “Outro dia resolvemos ter uma conversa para buscar melhorias e o Theo ficou muito animado por ter sido convocado para uma reunião de trabalho. Durante a reunião, ele escutou com atenção, contribuiu com ideias e, em um momento, ele disse:

– E agora? Preciso ir ao banheiro!

– Pode ir Theo! – O Taka falou.

– Não dá, estou na reunião, não posso sair! Preciso participar de tudo!”.

Se você ficou curioso sobre o livro-aplicativo, você pode encontra-lo na App Store, procurando por “poça dagua”, ou a Play Store, por “saguikids”. Em ambas lojas o custo é de U$$0.99.

Agora é só baixar e curtir com as crianças 🙂

***

Mais informações: www.saguikids.com.br 

Autor desta Publicação
Rafaella Teixeira
Jornalista, fotógrafa e viajante. Além de viver com a mochila nas costas, gosta de esportes, cultura de qualquer parte do mundo, cinema e música.

Escreva um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
X