Fique por dentro!

Assine e receba notícias sobre os seus assuntos favoritos do Pais em Apuros.

Assine e receba notícias sobre os seus assuntos favoritos do Pais em Apuros.

Eternizando a intensa e fugaz fase do Recém-Nascido

Recém-Nascido

“Meu menino, minha alegria, meu cansaço, minha jornada, meu amor… coração que pulsa fora do meu peito.”

Por Andrea Mendes*

Quando meu filho nasceu, e estávamos naquele caos de puerpério feat. recém-nascido com cólicas; refluxo e adaptação mútua, as pessoas me viam abatida e diziam: “você vai torcer pra ele fazer 3 meses logo,pra passar”! 

Mas o tempo é ligeiro, é implacável, e não volta. Eu sabia que ia passar, em vários momentos desejava que aquele sufoco passasse, mas no fundo, queria que fosse bem devagar. Lento o suficiente pra eternizar em mim aquele cheirinho de recém-nascido, o tamaninho de seu corpo, o toque da sua mini mãozinha.

É um sentimento doido. 

Opa deu certo! Pais em Apuros | Os novos pais

Hoje ele está perto de fazer 5 meses! Eu não vejo a hora dele começar a comer, falar, engatinhar… mas não quero que o tempo passe. Quero aproveitar cada minuto desse momento, com suas alegrias e dificuldades. Antes que passe. Antes que não possa mais voltar.

*

*Andrea Mendes é mãe do Arthur e compartilhou com a gente esse texto. Se você também é mãe e gostaria de publicar um texto aqui no Pais em Apuros, basta enviá-lo para nossa redação no e-mail: paisemapuros@gmail.com 😉

***

Autor desta Publicação
Pais em Apuros
Ser um espaço confiável e qualificado de ajuda aos pais na alucinante, maravilhosa e também muitas vezes insana aventura que é a criação dos filhos.

Escreva um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
X