Fique por dentro!

Assine e receba notícias sobre os seus assuntos favoritos do Pais em Apuros.

Assine e receba notícias sobre os seus assuntos favoritos do Pais em Apuros.

Saiba por que é uma boa deixar seu filho curtir as férias em um acampamento

Acampamento de férias

Férias combinam com muita diversão. Que tal deixar seu filho experimentar um acampamento?

Pais em Apuros - Acampamentos
Pais em Apuros – Os acampamentos desligam os celulares das crianças e as conectam com a natureza e com as relações humanas. E o melhor, com muita diversão!

Desligando os smartphones

Os acampamentos de férias são uma excelente opção para as crianças e adolescentes curtirem um pouco do tempo livre por oferecer incontáveis atividades como piscina, futebol, cavalos, festinhas, gincanas, e por aí vai. Cada acampamento possui uma estrutura e uma programação diferente, mas em uma coisa todos iguais: oferecem uma grande ajuda no desenvolvimento da molecada. Mais do que isso, faz com crianças que geralmente ficam muito tempo em casa, recorrendo à televisão, computadores e videogames (e criando uma rotina sedentária), participem de atividades com bastante movimento.

Traquejo social que se aprende brincando

Pais em Apuros - Acampamentos
Pais em Apuros – Espírito de equipe, valor guia de todos acampamentos.

Além de todas as atividades físicas, os acampamentos também promovem uma interação fantástica entre as crianças, o que é essencial para que os pequenos desenvolvam seu lado social. Além disso, também precisam passar um tempinho longe dos pais, o que exige uma maturidade maior do que durante a rotina em família. “Nossa filosofia sempre foi pautada em educar por meio de atividades e brincadeiras saudáveis e fora do ambiente tecnológico, estimulando o convívio com pessoas diferentes com o objetivo de promover o aprendizado e entendimento dos acampantes sobre valores essenciais para a formação de cada um, como amizade, responsabilidade e respeito”, explicou Ricardo Moraes, gerente geral da Fundação Acampamento Paiol Grande, que há quase 70 anos mantém sua postura sempre focada no trabalho educativo com crianças e adolescentes.

A motivação ideal

Mais do que uma praticidade para os pais, a decisão de ir a acampamentos precisa ser bem analisada. Se você tem planos de que seu filho curta um período das férias em um acampamento educativo, a primeira dica para que a experiência seja bem-sucedida é muito simples: sente-se com a criança, pergunte se isso é realmente o que ela quer. Certifique-se de que não é você que está decidindo tudo sem dar a ela a chance de optar por outra coisa. Muitas vezes, ela pode estar empolgada apenas com o seu entusiasmo em permitir que ela viva um momento de certa independência e autonomia, mas, no fundo, pode ser que prefira ficar em casa com você. Nesse caso, mudança de planos.

Pais em Apuros - Juliana Macari, de 17 anos, desde os 6 anos passa as temporadas de férias em acampamentos.
Pais em Apuros – Juliana Macari, de 17 anos, desde os 6 anos passa as férias em acampamentos.

Como acampamento não é sempre igual, a escolha dele também faz toda a diferença. Por exemplo, se a criança gosta muito de futebol, vale optar por um serviço direcionado ao esporte; se gosta de arte, verificar um que busque ampliar esse interesse ou ainda um que englobe diversos tipos de atividades que alternem diversão e formação integral.

Pais antenados

Antes de bater o martelo na decisão do acampamento, é importante que os pais estejam atentos a alguns pontos do local. Procure saber sobre a infraestrutura: que tipos de dormitórios, quadras poliesportivas, piscinas e refeitórios oferecem, por exemplo.

Além da infraestrutura, é imprescindível estar atento ao currículo dos profissionais que vão cuidar das crianças, checar o número de refeições e o cardápio do lugar, verificar se o local possui profissionais de saúde, facilidade de comunicação e transporte de emergência.

Se o seu filho é tímido e teme ficar sozinho em meio a crianças que não conhece, a dica é combinar a ida para o acampamento com algum outro amigo ou irmão.

Pais em Apuros - Viajar com amigos/irmãos facilita na adaptação ;)
Pais em Apuros – Viajar com amigos/irmãos facilita na adaptação 😉

Quem vai cuidar do meu filho?

A maior preocupação dos pais na hora de escolher um acampamento de férias é o material humano do local. Por isso, os acampamentos mantém processos de seleção elaborados e treinamentos específicos para seu corpo de funcionários: os monitores são orientados, entre outras coisas, a não falar gírias, a não apelidar as crianças, a não dar banho nelas, mas sim orientá-las de como podem executar as tarefas sozinha. “Nós incentivamos os acampantes a se tornarem mais independentes permitindo que eles escolham quais atividades eles querem fazer, o que vão comer, aonde vão se sentar, além de incentivá-los a cuidarem dos seus pertences e a arrumar o quarto, por exemplo. Tudo isso é orientado por nós e faz com que eles se esforcem para realizarem as tarefas sem a ajuda de ninguém e, depois, esse comportamento acaba sendo refletido na rotina deles, quando voltam para a casa”, contou Bianca Castro, estudante de Relações Públicas e monitora no NR Acampamentos há cerca de dois anos.

Pais em Apuros – A monitora Bianca, com acampantes do Acampamento NR, em Sapucaí  Mirim – SP

Uma experiência inesquecível

A convivência com outras crianças e adolescentes traz um séries de benefícios, como compartilhar o espaço e as oportunidades, conviver com diferenças, aperfeiçoar conhecimentos sobre direitos e deveres e cultivar amizades. A experiência é tão rica que a maioria dos acampantes acaba retornando em outras temporadas de férias, como é o caso da estudante Juliana Macari, de 17 anos, que desde os 6 anos passa as temporadas de férias em um acampamento no interior de São Paulo. “Cada vez que a gente vem, a gente volta pra casa com um aprendizado novo, uma pessoa nova, as amizades aqui são muito fortes e isso é muito bom! A gente brinca e aprende a ter compaixão ao outro, a cuidar do outro e a olhar o outro como se fosse parte de nós. Isso que muda o que a gente tem dentro de nós e faz a gente se tornar uma pessoa melhor a cada dia”.

Pais em Apuros – Juliana e amigos no Acampamento Paiol Grande, em São Bento do Sapucaí – SP

Checklist para os pais

Passar um tempo longe dos filhos não é nada fácil. Por isso, confira nossas dicas espertas de como agir:

– Para que a criança não se sinta insegura, os pais devem demonstrar que confiam nos profissionais que escolheram para acompanhar seus filhos. Por isso, não é bom ligar diariamente para a criança. Se quiser notícias, ligue para a secretaria do acampamento. Nesse caso, os pais devem verificar se existe essa possibilidade antes de enviar o pequeno;

– Os pais que sentem a necessidade de falar diariamente com a criança devem evitar telefonar por qualquer motivo e várias vezes ao dia. Podem ligar uma vez e falar em poucos minutos;

– Uma boa ideia é acompanhar a temporada de férias pelas mídias sociais do acampamento.

Pais em Apuros - Aventuras da vida real. Bem melhor que video game.
Pais em Apuros – Aventuras da vida real. Bem melhor que video game. Acampantes do Acampamento Paiol Grande durante trilha na região da Pedra do Baú.

 

Checklist para os filhos

O momento é de grande responsabilidade para eles também. Por isso, devem ficar ligados em alguns detalhes também:

– Conhecer todos os lugares do acampamento (enfermaria, secretaria, refeitório, sala de jogos etc);

– Não andar sozinho ou com outras crianças sem o acompanhamento de um adulto responsável;

– Conversar com os outros acampantes, sem ficar isolado;

– Não misturar a roupa suja e molhada com a roupa limpa;

– Não tomar remédios ministrados por outra pessoa que não seja a enfermeira do acampamento (caso a criança use medicamento, esse deve ser enviado com cópia da receita);

– Procurar um adulto responsável em caso de problemas;

 – Tentar praticar todas as atividades;

– Ligar para os pais em caso de emergência.

 

***

 

Autor desta Publicação
Rafaella Teixeira
Jornalista, fotógrafa e viajante. Além de viver com a mochila nas costas, gosta de esportes, cultura de qualquer parte do mundo, cinema e música.

Comentários

1 Comentário
  1. publicado por
    Ana Lemos
    out 7, 2017 Reply

    Acampar é mesmo uma grande experiência! E aprender numa educação fora da escola, ainda mais.
    Por isso que escolhemos aqui em casa o Movimento Escoteiro para nossos filhos. Além de incríveis experiências de acampamentos, ainda aprendem muito. Amanhã, por exemplo, dia de ir para a FioCruz! 🙂

Escreva um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This